Loading

Posts by diogo

Barra da Tijuca (RJ)

Barra da Tijuca (RJ)

Não perca os espetáculos do circo e mais super shows que encantaram o Citibank Hall em São Paulo.

Esta Promoção não é cumulativa com outras promoções e não é válida para pagantes de meia entrada.

 

Valores

Cadeira lateral meia R$20,00.

Cadeira lateral inteira R$40,00.

Cadeira central meia R$30,00.

Cadeira central inteira R$60,00.

Camarote individual preço único R$80,00.

Local

Na Barra da Tijuca (RJ)

Data e Horários

Terça a Sexta às 20:30hs

Sábado, Domingo e Feriados às 16hs, 18hs e 20:30hs

 

Espetáculos

Mapa do Local

Fale conosco

*A meia-entrada é exclusiva de beneficiários previstos na Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013, e não é cumulativa com promoções.

Globo da Morte

Globo da Morte no Circo Las Vegas

Venha presenciar o que há de mais espetacular no mundo do circo!

Sem dúvida, uma de nossas principais atrações, apresentamos à você e sua família nosso famoso Globo Da Morte! 😮 😮

Globo da Morte - Circo Las Vegas

 

O Globo da Morte consiste em uma espécie de uma jaula em forma de esfera de aço onde motoqueiros, em número de um a cinco, andam com suas motos dentro dele.

Nossos globistas já foram aplaudidos de pé nos quatro cantos do mundo. Um detalhe, são todos Brasileiros.

Temos o orgulho de apresentar nosso famoso Globo da Morte com artistas brasileiros.

Confira todas as nossas atrações clicando aqui

“O Globo da Morte foi idealizado nos USA por um Americano em 1904. Guido Conci, um engenheiro Italiano, trouxe a ideia para o Brasil e após fazer o Projeto, construiu sozinho o primeiro Globo em Petrópolis/RJ nos anos 30.

Eugenie Hundadze Conci, sua esposa, foi a primeira Globista e também a primeira mulher a realizar acrobacias em um globo. Ela sofreu uma queda, quando de sua primeira gravidez e perdeu os gêmeos.

Decidiu então não mais se arriscar na atração e Guido Conci passou a treinar globistas para se apresentarem no Globo da Morte, desta forma conseguiu comercializar a atração em diversos países.

O primeiro astro da moto, dentre os que ele treinou, foi Carmino Rizzo. Na época, Panair do Vale com 13 anos, ele aprende as peripécias dentro da esfera de aço, quando sequer alcançava os pés no Globo para se apoiar na motocicleta.

Panair, pioneiro na exportação do Globo e de brasileiros para outros países, leva o alto nível do show proporcionado por brasileiros no Globo da Morte.

Quando dizem que os brasileiros são bons de bola, estão corretos, pois também dominam esta arte.

Deborah Hundadze (Neta)” fonte wikipedia